politica   

Pela segunda vez, prefeito de Bananeiras tem contas reprovadas no Tribunal de Contas da Paraíba.

maio 2020

A sessão remota aconteceu que nesta quarta-feira (27) e apreciou nessa vez as contas do ano de 2016 do município de Bananeiras com a relatoria do Conselheiro Antônio Claudio.

A reprovação aconteceu por unanimidade e teve como centro da decisão os não repasses ao Instituto Bananeirense de Previdência Municipal (IBPEM). Durante os votos, tanto o relator, bem como demais membros, destacaram que no ano de 2016, absolutamente nada foi contribuído ao IBPEM, além de o órgão previdenciário ter sido alvo de fraudes e corrupção. Esses foram as principais razões da decisão.

O prefeito de Bananeiras Douglas Lucena agora conta com duas reprovações na corte de contas referentes aos anos de 2016 e 2017.

A 2263ª sessão ordinária do TCE-PB contou com as participações on-line, além do presidente, dos conselheiros Fernando Rodrigues Catão, André Carlos Torres Pontes e Antônio Gomes Vieira Filho e dos substitutos Antônio Cláudio Silva Santos, Oscar Mamede Santiago Melo e Renato Sérgio Santiago Melo. Também dos prefeitos Douglas Lucena (Bananeiras), e Damísio Mangueira (Triunfo), que fizeram suas defesas, junto aos advogados constituídos. O Ministério Público de Contas foi representado pelo procurador geral Manoel Antônio dos Santos.

Com Portal do brejo



WM TV