Materno é divino, é sagrado e feminino

março 2019

Por terem alta sensibilidade humanitária, as mulheres foram agraciadas com as mais importantes profissões do mundo civilizado

Ninguém pode negar o imenso bem que a mulher faz ao mundo de hoje, tão cheio  de injustiças por falta de  solidariedade e humanismo.

Os povos antigos, cultuavam uma crença milenar no Sagrado Feminino, onde somente  as verdadeiras Deusas  poderiam  gerar um Deus.

No quarto século, da era cristã, o imperador romano Constantino, e seus seguidores masculinos conseguiram mudar o paganismo matriarcal para um Cristianismo patriarcal, através do uso de uma intensa campanha de demonização do sagrado feminino, que eliminaria para sempre, as deusas das religiões antigas.

A Inquisição publicou um livro considerado o mais sangrento de toda a história da humanidade. 

Este livro recebeu, em latim, o título de Malleus Maleficaram, que significa o martelo das feiticeiras, para doutrinar o mundo sobre o perigo das  mulheres   que propagassem os atos libertários.

Tal livro, instruía os poderes religiosos acerca dos modos para localizar, torturar e eliminar todas as mulheres que fossem consideradas bruxas e feiticeiras.

Nas pessoas consideradas bruxas pelos  inquisidores,estavam professoras,  ciganas, sacerdotisas, místicas, coletoras de plantas  medicinais, amantes  da natureza e  qualquer  mulher em sintonia  com ambientes  naturais. 

Parteiras  também eram  perseguidas e  mortas,  sob a cruel acusação de estarem  usando  conhecimentos médicos  para diminuir  as dores  das parturientes, que costumam ocorrer em partos naturais.

Segundo dogmas religiosos, ninguém  deveria ajudar a quem  estava  dando à luz, pois o  sofrimento  era o  castigo de Eva,  a primeira  mulher. 

Durante  os quase trezentos  anos de  ferrenha  perseguição foram queimadas, em  praças  públicas, o impressionante número de cinco milhões de mulheres inocentes

QUE ANTES ERAM VENERADAS  COMO ESSÊNCIA DA ILUMINAÇÃO ESPIRITUAL DA HUMANIDADE.

MULHERES SÃO MATERNAS E DIVINAS E RENASCEM SAGRADAS E FEMININAS. 



WM TV